As articulações visando a disputa de 2018 pelo Senado em Alagoas já começaram. Além do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), conta com os ministros Maurício Quintella (PR), dos Transportes, e Marx Beltrão (PMDB), do Turismo, como potenciais pré-candidatos a senador.

Outro postulante a uma das vagas deve ser o também senador Benedito de Lira (PP), provável candidato à reeleição. O ex-governador e ex-senador Teotônio Vilela Filho (PSDB) e o deputado federal Ronaldo Lessa (PDT) também são mencionados como alternativas.

Apesar de ser um dos homens fortes do PMDB nacional e maior expoente do partido em Alagoas, o senador Renan Calheiros, diferentemente de outras disputas, não terá uma eleição fácil pela frente, dada a complexidade da conjuntura política atual.

Renan é senador desde 1995 e este ano finaliza o seu terceiro mandato. É do mesmo partido que o ministro Marx Beltrão, cuja família amplia cada vez mais seu poder no Estado.

Apesar de Beltrão estar aumentando sua influência em Alagoas, Renan Calheiros e Benedito de Lira largam em vantagem na disputa pelas duas cadeiras ao Senado. Porém, 2018 será uma eleição com a marca da imprevisibilidade, onde muitas surpresas podem ocorrer. Nesse cenário, até mesmo derrotas de caciques políticos vistos hoje como imbatíveis não podem ser descartadas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here